Seguidores

segunda-feira, dezembro 01, 2014

Vocês Sabem Como Nasceu o Artesanato?

Nós trabalhamos, pesquisamos para procurar fazer bem nossos trabalhos como artesãs, mas não sabemos de onde esse maravilhoso trabalho surgiu.
Vamos conhecer um pouco sobre essa arte ?


“É uma técnica manual utilizada pelo artesão. Este profissional é considerado um artista, pois seus produtos são verdadeiras obras de arte. ”






1

Essa é uma das principais definições de artesanato. Mas como ele surgiu, e por quem? Os profissionais nessa área fazem maravilhosas obras de arte, mas nem todos conhecem realmente de onde vieram os primeiros vestígios de criatividade e dom. Bom vou contar para vocês um pouco sobre a história do artesanato.
A origem do artesanato se deu na Pré-História, mais precisamente no período neolítico (6000 a.C), quando o homem aprendeu a polir a pedra, fabricar cerâmica, tecer fibras animais e vegetais e etc. A necessidade de produzir itens de utilidade de uso do dia-a-dia ou alguns adornos expressaram a capacidade criativa e produtiva como forma de trabalho.
No Brasil o artesanato surgiu primeiramente com os índios que se utilizavam da pintura usando pigmentos naturais, misturados de frutas, pedras, terra e água, faziam cerâmica e a arte da plumaria como peças de vestuário. Desde então o artesanato nunca foi desvalorizado e era uma grande parte da cultura de todas a tribos.

os-índios-artesanato_indigena

Apenas na Revolução Industrial iniciada na Inglaterra que o artesanato deixou de ser valorizado, pois o trabalho na época foi divido em funções e a maioria vinha de fábrica, além disso os artesãos eram submetidos à condições muito precárias de trabalho.
Porém felizmente, o artesanato voltou a ser valorizado e ter um grande prestígio na sociedade, ainda usa elementos naturais em suas peças e pode ser encontrado e qualquer região do mundo, o artesanato se manifesta de várias formas e é por isso que é uma das partes mais essenciais para a valorização de uma cultura.
As áreas e trabalhos mais valorizados do artesanato são as bijuterias, bordado, cerâmica, vidro, gesso, mosaico, pinturas, velas, sabonetes, saches, caixas variadas, reciclagem, patch-works, metais, brinquedos, arranjos, apliques, além de várias técnicas distintas utilizadas para a fabricação de peças. Então você que ainda tem dúvida sobre se ser um artesão é uma atividade próspera, está ai a sua respostas, a maioria dos trabalhos de um artesão (os citados acima) são muito bem valorizados. Siga em frente, mostre a sua criatividade e sua arte para o mundo e não desista!